Áreas de atuação


Artroplastia do Quadril

Em casos de degenerações avançadas do quadril, ou seja, osteoartrose, a substituição por uma prótese torna-se a melhor opção.

Trata-se de um procedimento cirúrgico em que a parte doente do quadril é retirada e substituída por um quadril protético, melhorando a qualidade de vida que quem precisa. O procedimento cirúrgico tem um tempo estimado de 2 horas, mas pode variar de acordo com as características do paciente. Apesar de não ser um procedimento demorado alguns cuidados tornam-se necessários antes de se fazer a cirurgia para que haja a diminuição dos riscos. Portanto em raras exceções, como fraturas do colo do fêmur, não se faz esta cirurgia na urgência.

 

As próteses de quadril geralmente são formadas por 3 componentes sendo eles: – Componente acetabular, – Haste femoral, – Cabeça femoral. E variam em relação ao seu formato e material. Cada uma delas tendo indicações mais precisas de acordo com o perfil da doença e da pessoas. As mais utilizadas são as de metal – polietileno; cerâmica – cerâmica; metal – metal; cerâmica -polietileno. Sendo que tal nomenclatura se refere aos componentes que fazem parte da superfície de rolamento, ou seja cabeça femoral e componente acetabular. E as prótesese podem ser cimentadas, sem cimento ou híbridas (parte cimentada e parte sem cimento).